Fóssil de gigantesco anfíbio predador é descoberto em um muro de jardim

Fóssil de gigantesco anfíbio predador é descoberto em um muro de jardim

24/08/2023 0 Por jk.alien

Animal chegou a medir até 10 metros de comprimento e viveu há 240 milhões de anos onde hoje é a Austrália

Em 1990, um fóssil de anfíbio com 240 milhões de anos de idade foi descoberto em rochas que estavam destinadas a serem usadas em um muro de jardim na Austrália. Após três décadas, a comunidade científica finalmente lhe atribuiu um nome e o reconheceu como uma nova espécie, batizada de Arenaerpeton supinatus. Um estudo sobre a descoberta foi publicado na revista científica Journal of Vertebrate Paleontology.

Ancestral da salamandra

Trata-se do único registro conhecido do Arenaerpeton supinatus, que pertence à classe dos temnopôndilos. Os restos do animal foram encontrados por um criador de galinhas aposentado e posteriormente doados ao Museu Australiano em Sydney. O fóssil estava em rochas obtidas de uma pedreira local que seriam usadas na construção do muro.

Fóssil do Arenaerpeton supinatus
Fóssil do Arenaerpeton supinatus (Imagem: UNSW Sydney/Richard Freeman/Divulgação)

Sob a direção do paleontólogo Lachlan Hart e em colaboração com a equipe da Universidade de New South Wales, na Austrália, foi realizado um estudo abrangente dos restos do animal. Graças à notável preservação do fóssil na pedra, foi possível determinar que esse anfíbio, que habitou o período Triássico, media cerca de 10 metros de comprimento e tinha um crânio triangular. Sua dentição cônica e robusta sugere que ele era um predador. O animal era um ancestral da moderna salamandra gigante da China.

Ilustração do Arenaerpeton supinatus
Ilustração do Arenaerpeton supinatus (Imagem: Jose Vitor Silva/UNSW/Divulgação)

Os temnopôndilos emergiram antes dos dinossauros e persistiram depois que esses animais foram extintos. Sua origem remonta ao período Carbonífero da era Paleozoica, e suas últimas linhagens se estenderam até o Cretáceo inicial. O fóssil do Arenaerpeton Supinatus será apresentado em uma exposição no Museu Australiano em Sydney. Devido à sua notável preservação, é considerado uma peça fundamental do patrimônio fóssil da Austrália.

COLABORE: Fazendo um PIX de qualquer valor você ajuda a manter o site Universo Alien fazendo pesquisas investigativas, análises, preparando e trazendo mais artigos interessantes. Use o QR-Code do PIX abaixo ou a chave PIX: [email protected]
Faça um gesto de doação, seja diferenciado!
PIX

colabore