Conheça as 12 melhores séries para maratonar em apenas um final de semana

Conheça as 12 melhores séries para maratonar em apenas um final de semana

03/05/2024 0 Por jk.alien

Produções de poucos episódios como Chernobyl e The Last of Us estão disponíveis em streamings da Max, Netflix e Amazon Prime Video; veja lista completa

As melhores séries para maratonar podem ser difíceis de eleger, mas produções e curtas aclamadas pela crítica e público costumam ser boas opções para quem quer “engolir” um seriado em um final de semana. Afinal, séries com várias temporadas e episódios pode não ser a melhor opção quando o tempo está curto. Felizmente, dentro da categoria de produções fáceis de maratonar, há obras premiadas como Chernobyl (2019), The Last of Us (2023) e Fleabag (2016), disponíveis, respectivamente, na Max (antiga HBO Max) e Amazon Prime Video.

Pensando nisso, o TechTudo fez uma lista com seriados curtos que podem ser maratonados em apenas um dia – todos com um selo de qualidade garantida pelo principal avaliador dos especialistas, Rotten Tomatoes. Confira, a seguir, detalhes sobre o enredo, elenco e repercussão.

Nesta lista organizada pelo TechTudo, você encontra as seguintes séries:

  1. Chernobyl (2019)
  2. O Gambito da Rainha (2020)
  3. The Last of Us (2023)
  4. A Maldição da Mansão Bly (2020)
  5. Ruptura (2023)
  6. Maid (2021)
  7. Sequestro No Ar (2023)
  8. Missa da Meia Noite (2021)
  9. Inacreditável (2019)
  10. Watchmen (2019)
  11. Arcane (2021)
  12. Fleabag (2016)

1. Chernobyl (2019)

A série original da HBO retrata o acidente ocorrido na usina nuclear de Chernobyl em 1986. Disponível na Max, o seriado de cinco episódios relembra não só a explosão em si, mas as consequências e também os esforços de profissionais determinados a diminuir os danos e encontrar as falhas que causaram o acidente.

A minissérie tem apenas cinco episódios e conta com nomes conhecidos como Jared Harris (The Crown), Stellan Skarsgård (Thor) e Emily Watson (Dragão Vermelho). A produção foi sucesso de crítica e público, ela conquistou 10 prêmios Emmy, incluindo o Melhor Minissérie ou Antologia, e ocupa o quinto lugar como série mais bem avaliada na lista do IMDb, com sua nota 9,3. No Rotten Tomatoes, além de tecer elogios à execução da série, os especialistas concederam um selo de qualidade com aprovação de 95%.

Minissérie da HBO mostra o desastre na usina nuclear de Chernobyl, na Antiga União Soviética — Foto: Divulgação/HBO Max
Minissérie da HBO mostra o desastre na usina nuclear de Chernobyl, na Antiga União Soviética — Foto: Divulgação/HBO Max

2. O Gambito da Rainha (2020)

Durante a Guerra Fria, uma órfã descobre uma aptidão extraordinária para o xadrez. Com sua expertise, Beth Harmon encontra uma boa oportunidade de fazer dinheiro em pequenos torneios locais. Apesar do esporte ser dominado por homens, seu maior obstáculo para uma carreira brilhante não são os veteranos do xadrez, mas seu vício pela bebida e pelas drogas. O Gambito da Rainha é faz parte da nata de seriados originais da Netflix.

A história da enxadrista envolve apenas sete capítulos. O elenco conta com Anya Taylor-Joy (A Bruxa), que faturou com o papel um Globo de Ouro na categoria Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para TV, Harry Melling (Harry Potter e a Pedra Filosofal) e Thomas Brodie-Sangster (Maze Runner: Correr ou Morrer). Segundo dados da Netflix, a minissérie entrou para o Top 10 produções mais assistidas em 92 países, incluindo o Brasil no ano de 2020. Seu sucesso mundial rendeu uma nota 8,5 no IMDb e refletiu a aprovação de 96% da crítica no Rotten.

Anya Taylor Joy e Harry Melling interpretam rivais em O Gambito da Rainha — Foto: Divulgação/Netflix
Anya Taylor Joy e Harry Melling interpretam rivais em O Gambito da Rainha — Foto: Divulgação/Netflix

3. The Last of Us (2023)

Em um mundo pós apocalítico, Joel, um homem cansado e livre de qualquer esperança de melhorar de vida, cumpre pequenas missões com sua amiga Tess em troca de cartões de comida, armas e outros mantimentos. O que promete ser sua última missão antes de merecidas férias, se revela ser a mais importante das campanhas: proteger e transportar Ellie, uma criança imune ao fungo que transformou a humanidade em um verdadeiro pandemônio. O original da HBO pode ser assistido na Max.

Em meio a tantas tentativas fracassadas de adaptações de games, The Last of Us foi a felicidade de muitos fãs e conta com apenas nove episódios por enquanto. Quanto ao elenco, Pedro Pascal (Narcos), Bella Ramsey (Game of Thrones) e Anna Torv (Fronteiras) entregaram tudo e mais um pouco do esperado. A série ganhou oito emmys, dentre eles o de Melhor Série Dramática, ganhou também um selo de aprovação de 96% no Rotten e uma nota 8,7 no IMDb.

The Last of Us foi uma das adaptações de games mais elogiadas na HBO Max — Foto: Divulgação/HBO
The Last of Us foi uma das adaptações de games mais elogiadas na HBO Max — Foto: Divulgação/HBO

4. A Maldição da Mansão Bly (2020)

Nos anos 80, Dani Clayton é contratada para cuidar como babá de duas crianças que perderam seus pais num acidente. Tendo que se mudar para a casa na Inglaterra, Dani percebe que um clima suspeito de mistério sobrenatural está instalado na casa. Independente do humor chuvoso britânico, a babá se vê cuidando de crianças ímpares e traumatizadas com algo além do incidente. Disposta a investigar a situação, Dani descobre que a Mansão Bly guarda mais do que história: ela também esconde uma maldição. A minissérie pode ser assistida na Netflix.

A Maldição da Mansão Bly tem apenas nove episódios, onde os arcos narrativos são concluídos. A série antologica adapta o livro A Outra Volta do Parafuso, de Henry James. O elenco conta com atores como Victoria Pedretti (You) e Kate Siegel (Hush: A Morte Ouve). A segunda antologia para o streaming do criador Mike Flanagan (Missa da Meia-Noite) carregou uma boa audiência por conta do seu produto escasso no streaming, “uma linda história de terror”, segundo Natalia Marcos, do El Pais. O original Netflix conseguiu uma nota de 7,4 no IMDb e uma aprovação da crítica de 87% no Rotten.

A Maldição da casa Bly é uma das produções de terror mais bem avaliadas da Netflix — Foto: Divulgação/IMDb
A Maldição da casa Bly é uma das produções de terror mais bem avaliadas da Netflix — Foto: Divulgação/IMDb

5. Ruptura (2023)

O original Apple TV+ conta a história de Mark, que trabalha para Lumen, uma empresa que planeja implementar no seu modus operandi do corpo de colaboradores um mecanismo que separa as memórias pessoais dos funcionários das memórias profissionais. Mark aceita ser uma das cobaias do projeto junto com outros quatro colegas do escritório. Fora da empresa, os cinco não lembrarão do trabalho e na Lumen, não terão quaisquer lembranças da vida pessoal. Após a demissão de um dos colegas, Mark começa a perceber uma teia de más intenções da corporação.

A minissérie tem apenas nove episódios e já foram iniciadas as gravações da segunda temporada. O elenco conta com Adam Scott (Madame Teia), Britt Lower (Os Escolhidos) e John Turturro (The Batman). Apesar do sucesso, a série dos diretores Ben Stiller (Uma Noite no Museu) e Aoife McArdle (All of This Unreal Time) teve uma passagem modesta no Emmy, apenas uma estatueta, a de Melhor Design de Abertura. Ruptura conseguiu uma nota de 8,7 no IMDb e um selo de aprovação de 97% no Rotten.

A série Ruptura esteve entre os principais lançamentos de 2022 — Foto: Reprodução/Justwatch
A série Ruptura esteve entre os principais lançamentos de 2022 — Foto: Reprodução/Justwatch

6. Maid (2021)

Entre histórias que retratam realidades tristes, Maid se destaca por mostrar de forma crua a vida de uma jovem mãe lutando pela sobrevivência diante das injustiças que a cercam por pertencer a uma classe menos favorecida. A produção é mais um original de sucesso da Netflix, que dessa vez descreve a perspectiva de um empregada doméstica sem nenhum privilégio em meio a uma sociedade e sistema desiguais.

Os 10 episódios da série podem ser suficientes para fazer qualquer um se emocionar, principalmente diante de uma atuação tão elogiada quanto a de Margaret Qualley (Era Uma Vez em Hollywoody), considerada “excelente” pelo consenso do Rotten e indicada ao Emmy de Melhor Atriz. A produção foi indicada em outras duas categorias da premiação, além de contar também com Nick Robinson (Tudo e Todas as Coisas) e Andie MacDowell (Feitiço do Tempo) no elenco. A aprovação total da série no Rotten é de 94%, um tomate fresco somado à sua nota 8,3 no IMDb.

Margaret Qualley como a batalhadora Alex e sua pequena filha vivida por Rylea Nevaeh Whittet em Maid — Foto: Reprodução/IMDb
Margaret Qualley como a batalhadora Alex e sua pequena filha vivida por Rylea Nevaeh Whittet em Maid — Foto: Reprodução/IMDb

7. Sequestro no Ar (2023)

Um avião com destino à Londres é sequestrado em pleno voo por terroristas. O grupo de criminosos torna a viagem de mais de sete horas uma incerteza para vida dos passageiros, comissários, e Sam Nelson, um negociador corporativo que planeja usar todas as suas habilidades de convencimento para pousar o avião com todos são e salvos. Apesar de sua carreira, a experiência foge totalmente de qualquer negociação vivida por Sam. A minissérie é mais uma da lista feita pela Apple TV+;

Sequestro no Ar segue a linha cronológica da história, sete episódios para sete horas do voo KA29. No elenco encontramos Idris Elba (Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança), que também produz, Aimee Kelly (The Duke) e Max Beesley (Magnatas do Crime). A qualidade do desenrolar dos fatos na minissérie foi largamente elogiada, inclusive consolidou um consenso entre a crítica do Rotten que disse se tratar de um “thriller brilhante”. No IMDb, Sequestro no Ar está bem avaliado com uma nota 7,4, já no Rotten, a série conseguiu uma avaliação de 88%.

Idris Elba é o protagonista da série de suspense Sequestro no Ar — Foto: Reprodução/IMDb
Idris Elba é o protagonista da série de suspense Sequestro no Ar — Foto: Reprodução/IMDb

8. Missa da Meia Noite (2021)

Riley Flynn finalmente ganha sua liberdade após passar quatro anos na prisão por atropelar uma pessoa enquanto dirigia embriagado. Agora, sem muitas opções, o ex detento decide voltar para ilhazinha isolada em que nasceu. Seu retorno coincide com a chegada de um novo padre para a paróquia da ilha, que se mostra um verdadeiro mistério. Imersa em questionamentos, a ilhota presencia milagres e tragédias. A minissérie é um original Netflix.

Missa da Meia Noite tem sete episódios e conta no elenco com Kate Siegel (A Maldição da Mansão Bly), Zach Gilford (Mistério na Floresta), Carla Gugino (Pequenos Espiões) e Henry Thomas (E.T O Extraterrestre). O criador da série Mike Flanagan, que também criou A Maldição da Mansão Bly, consolida uma imagem de querido pela crítica. No Tomatometro, a minissérie conseguiu uma aprovação de 87%. No IMDb, a obra angariou uma nota de 7,7.

Missa da Meia-Noite (Netflix) toca em temas pessoais para o seu criador como sobriedade e ateísmo — Foto: Reprodução/Rotten Tomatoes
Missa da Meia-Noite (Netflix) toca em temas pessoais para o seu criador como sobriedade e ateísmo — Foto: Reprodução/Rotten Tomatoes

9. Inacreditável (2019)

Essa é mais uma indicação para quem tem um estômago que aguente temas pesados e traumáticos. Bem como o título sugere, é difícil acreditar que os fatos narrados sejam verdadeiros, mas a produção realmente é baseada em fatos reais. Na trama, após denunciar um estupro, uma jovem é acusada de ter feito a denúncia falsamente, e somente anos depois a verdade assustadora sobre o caso vêm a tona graças a duas investigadoras. A obra é um original da Netflix.

A minissérie desenrola ao longo de oito episódios e é estrelada por Kaitlyn Dever (Fora de Série), Toni Collette (Hereditário) e Merritt Wever (Sinais). Além de marcar a série com a impressionante aprovação de 98%, os especialistas também a consideram “comovente e poderosa” bem como transcende dos temas familiares do crime verdadeiro. Ela foi indicada em quatro categorias do Emmy, dentre elas a de Melhor Série Limitada, e conquistou uma nota 8,3 no IMDb.

Merritt Wever e Toni Collette estrelam o drama policial inacreditável — Foto: Divulgação/IMDb
Merritt Wever e Toni Collette estrelam o drama policial inacreditável — Foto: Divulgação/IMDb

10. Watchmen (2019)

Em um cenário que rivaliza o bem e o mal herdado dos quadrinhos, a série ambientaliza uma América reimaginada onde os justiceiros não são apoiados e precisam se esconder em prol de não se tornarem alvos fáceis de terroristas. Watchmen é uma produção original da Max que reproduz uma atmosfera de investigação acompanhando a detetive Angela Abar.

Os nove episódios de Watchmen foram suficientes para conquistar nada menos que 11 estatuetas no Emmy, incluindo a de Melhor Série Limitada. Alguns dos integrantes do elenco são Regina King (Ray), Yahya Abdul (Aquaman), vencedor do Emmy, e Tom Mison (A Lenda de Sleepy Hollow). A aclamação da crítica não para por aí. No Rotten, além da aprovação de 96% com selo, a produção foi considerada “ousada e eriçada”, capaz de criar uma “identidade própria impressionante”. No IMDb Watchmen foi avaliada com 8,2.

Regina Kinga é a protagonista da minissérie Watchmen, uma continuação não oficial da HQ de Alan Moore — Foto: Divulgação/HBO
Regina Kinga é a protagonista da minissérie Watchmen, uma continuação não oficial da HQ de Alan Moore — Foto: Divulgação/HBO

11. Arcane (2021)

Vi é uma adolescente que sonha em dar uma vida melhor para sua irmã mais nova Jinx. Sempre com algum plano na cabeça, ela decide que a casula é mais do que capaz em ajudar nas perigosas missões. Na sua expedição para a superfície luxuosa e utópica de Piltover, Jinx encontra um objeto que libera um poder violento que acaba comprometendo a missão de furtar o apartamento de um engenheiro habilidoso. Empossada secretamente da fonte do poder, poderosos da superfície e do submundo de Zaum irão atrás das irmãs. Arcane está disponível na Netflix.

A animação é uma adaptação do universo do famosíssimo jogo eletrônico League of Legends, que também foi feita sob a supervisão da Riot Games, desenvolvedora do game. Arcane possui nove episódios por enquanto e ganhou como Melhor Adaptação no The Game Awards de 2021.O seriado também ganhou o Emmy de Melhor Série Animada, sendo a primeira animação de streaming a angariar a estatueta. No elenco, temos as vozes de Ella Purnell (Fallout), Hailee Steinfeld (Bumblebee) e Remy Hii (Podres de Ricos). A adaptação foi um sucesso da crítica, 100% de aprovação no Rotten e 9 no IMDb.

Em Arcane, duas irmãs estão em lados opostos de um conflito entre duas cidades — Foto: Divulgação/Netflix
Em Arcane, duas irmãs estão em lados opostos de um conflito entre duas cidades — Foto: Divulgação/Netflix

12. Fleabag (2016)

Fleabag é uma comédia sobre uma jovem, que como qualquer um está enfrentando crises com sua vida em Londres. Mesmo sofrendo internamente, e tendo que lidar com uma recente tragédia, ela continua rejeitando todos que se oferecem a ajudá-la ou simplesmente tentam ficar ao seu lado. A série é uma adaptação original da Amazon Prime Video que trata de relações e situações típicas do cotidiano, pelo olhar de uma mulher autêntica e sincera.

Apesar de já ter duas temporadas, a comédia conta apenas com 12 episódios no total, o que a torna mais fácil de maratonar. Fleabag foi adaptada por sua própria autora, Phoebe Waller-Bridge (Han Solo: Uma História Star Wars), que também ficou responsável pelo papel principal da série, atuando ao lado de Sian Clifford (Life After Life) e Olivia Colman (A Favorita). Ao total a produção ganhou seis prêmios Emmys e está entre as 100 séries mais bem avaliadas do IMDb com um 8,7. Além disso, sendo “inteligente e extremamente engraçado” não era possível esperar menos do que os 100% de aprovação concedidos à ambas as temporadas no tomatômetro.

A protagonista Fleabag, na série de mesmo nome, vivida por Phoebe Waller-Bridge ao lado de Andrew Scott como O Padre — Foto: Reprodução/IMDb
A protagonista Fleabag, na série de mesmo nome, vivida por Phoebe Waller-Bridge ao lado de Andrew Scott como O Padre — Foto: Reprodução/IMDb

Com informações de Rotten Tomatoes, IMDb e JustWatch.

COLABORE: Fazendo um PIX de qualquer valor você ajuda a manter o site Universo Alien fazendo pesquisas investigativas, análises, preparando e trazendo mais artigos interessantes. Use o QR-Code do PIX abaixo ou a chave PIX: [email protected]
Faça um gesto de doação, seja diferenciado!
PIX

colabore