Wikileaks afirma: “A União Soviética destruiu uma base secreta dos EUA na Lua”

A crença de que bases lunares de algumas potências dos Estados Unidos existiram, ou existem é uma teoria popular entre os pesquisadores. No entanto existe um documento encontrado no Wikileaks que pode confirmar isso.

Há 4 anos existe um documento no Wikileaks dentro dos “Arquivos de Inteligência Global” que tem gerado grande polêmica entre os internautas.


O polêmico documento vem do Escritório de Assuntos Europeus e Eurasianos do Departamento de Estado, com o título: Relatório de que a União Soviética destruiu uma base secreta dos EUA na Lua.


Base secreta na Lua. O que o Wikileaks diz?O Wikileaks é uma das fontes de informações desclassificadas mais atacadas da história. Na verdade seu criador, Julian Assange tem diferentes acusações de crime cibernético.


Na página estão documentos que revelam nichos de corrupção, peculato e muito mais para diferentes empresas, empresários e políticos de diferentes partes do mundo. Informações de confidencialidade para os interesses da elite. É por isso que não é surpreendente que existam arquivos que falam da União Soviética e dos Estados Unidos um período conturbado da história.


No entanto o que mais chamou a atenção do arquivo do Wikileaks é o título do documento do Escritório de Assuntos Europeus e Eurasianos: 

Relatório de que a União Soviética destruiu uma base secreta dos EUA na Lua.


Infelizmente, nenhuma cópia digital pôde ser baixada pois uma versão eletrônica não estava disponível. 2 anos depois, o portal The Black Vault apresentará o primeiro pedido de Freedom of Information Act, para que o documento seja oficialmente publicado na íntegra. Desde que o registro foi publicado pela primeira vez no banco de dados da página e descoberto por pessoas que revisavam o site tem havido muita especulação sobre seu verdadeiro significado.
Especialmente considerando que de fato havia um projeto focado em bombardear a Lua com armas nucleares.

O que o documento realmente diz?Agora que o documento pode ser visto no Wikileaks, ele revela que se tratava de uma carta em resposta a uma investigação de 1979  da qual Samuel Devine era membro da Câmara dos Representantes.


De acordo com esta carta de resposta enviada por Douglas J. Bennett Jr. , subsecretário de Relações do Congresso do Departamento de Estado o boato de que a União Soviética destruiu uma base secreta nos Estados Unidos na Lua em 1997 era falso. É óbvio que Devine recebeu uma carta de um eleitor chamado Ceyd Quentin Arbogast , que perguntou sobre algo que ele chamou de “Batalha da Lua da Colheita”.


O pedido de Lei de Liberdade de Informação foi encaminhado pela primeira vez ao Departamento de Estado em 2019, como o caso F-2020-01231. Depois de algum tempo, recomendou-se que fosse arquivado na Administração Nacional de Arquivos e Registros onde o documento era mais provável de ser guardado devido à data a que pertencia.
Posteriormente, um novo caso foi arquivado, # 21-49400, que foi encontrado revisado e enviado para o The Black Vault em sua totalidade em 8 de setembro.
É possível que a União Soviética realmente tenha destruído uma base secreta dos EUA na Lua? Até agora tudo parece ser uma simples “preocupação” de um cidadão, porém … Há algo mais que não sabemos?

Fonte 

Você pode gostar...

Deixe um comentário