Vladimir Putin: Em breve, o “AI” IRÁ GOVERNAR nossa MENTE e “Pensar” por nós

Vladimir Putin: Em breve, o “AI” IRÁ GOVERNAR nossa MENTE e “Pensar” por nós

18/12/2021 0 Por Jonas Estefanski

Não há dúvida de que Valdimir Putin , o presidente russo, tem levado muito a sério o assunto Inteligência Artificial, ele mesmo afirmou que quem controlar esse monopólio “vai dominar o mundo”, já que o presidente pensa que num futuro não muito longe, O “AI” poderia nos substituir e até pensar por nós, foi o que ele disse durante um encontro com os alunos na abertura do ano letivo.

Inteligência artificial
Inteligência artificial

“IA”, ou também Inteligência Artificial, pode indicar uma revolução que mudará não só a forma como trabalhamos, mas também a nossa vida e os que nos governam.

O que Vladimir Putin disse sobre Inteligência Artificial?

Vladimir Putin, Presidente da Rússia que, durante uma reunião com estudantes da cidade de Yaroslavl, afirmou recentemente:

“Já disse e quero reiterar: se alguém consegue o monopólio no campo da inteligência artificial, é claro que ele será o dono do mundo”, disse ele.

“A inteligência artificial é o futuro não só da Rússia, mas de toda a humanidade. Seria altamente indesejável que alguém assumisse uma posição de monopólio porque estaríamos diante de oportunidades e ameaças colossais que são difíceis de prever hoje. Portanto, como no caso da energia nuclear, se a Rússia se tornar líder em inteligência artificial, compartilhará essas tecnologias e as habilidades que desenvolverá com o resto do mundo ”.

As palavras de Putin causaram polêmica porque ele foi um dos primeiros chefes de Estado a tornar públicas suas declarações sobre o tema Inteligência Artificial.

Segundo Putin, as guerras futuras serão travadas com Inteligência Artificial

Seu discurso então se voltou para a questão militar, tão debatida recentemente (na verdade, há poucos dias a notícia da carta que Elon Musk, fundador da Tesla, se reuniu em Melbourne na Conferência Internacional Conjunta de Inteligência Artificial, junto com outros 116 fundadores de empresas que operam nas áreas de robótica e Inteligência Artificial, teriam enviado à ONU. No centro da mensagem estava o desenvolvimento da Inteligência Artificial no campo militar e a necessidade de se dar muita atenção à construção de drones e outros armas inteligentes autônomas, atenção que terá que ir além de uma colaboração inevitável entre estados e pesquisadores.

As Guerras do Futuro serão travadas com Inteligência Artificial

Entre a ameaça e o interesse, Putin explica: “As guerras futuras serão travadas com armas inteligentes cada vez mais autônomas e com um uso cada vez mais massivo de robôs e drones. Quando os drones de um competidor são destruídos pelo outro, não haverá escolha a não ser se render. São cenários imprevisíveis nos quais devemos nos mover com grande velocidade ”.