Viagem No Tempo?  Uma Mulher Misteriosa “Falando ao Celular” em 1938

Viagem No Tempo? Uma Mulher Misteriosa “Falando ao Celular” em 1938

09/08/2021 0 Por Jonas Estefanski

A viagem no tempo não é mais apenas um tópico de ficção científica. Debates dentro da comunidade científica especialmente se casos como o do telefone celular continuam a aparecer em um filme de 1938.

É possível que tenha sido uma viagem no tempo?Em 2012 a imagem da cena de um filme rodado em 1938 tornou-se viral. Nele aparece uma senhora com um objeto que pelo modo como o leva e pelas suas características nos faz pensar automaticamente em um celular.Uma viagem no tempo levou o celular a esse tempo?


Obviamente, as teorias da rede começaram a surgir garantindo que essa fosse uma prova irrefutável sobre a viagem no tempo.


Um celular em um filme dos anos 30Em um vídeo carregado no YouTube trabalhadores são vistos saindo de uma fábrica nos Estados Unidos. De acordo com a descrição do vídeo esta cena foi filmada em 1938 .


A cena é bastante comum e não há nada fora do lugar. Mas a certa altura você pode notar uma mulher razoavelmente jovem tendo o que pode facilmente ser uma conversa telefônica.


A mulher gesticula e ri de um tipo de objeto quase idêntico a um telefone celular. Depois de algum tempo ela o retira da orelha e sai com o objeto na mão. Como se fosse qualquer garota atual depois de trocar mensagens com um amigo.


Mas logo depois que o vídeo foi carregado um comentário apareceu gerando ainda mais intriga. O usuário foi apelidado de “planetcheck” e disse que a mulher no vídeo era sua bisavó , Gertrude Jones. Disse que na época tinha 17 anos e estava saindo de uma fábrica em Dupont em Massachusetts onde havia uma seção telefônica. Ele alegou que sua avó estava testando algum tipo de telefone sem fio.

Muito se especulou que se tratava de um rádio mas até o momento não foram criados modelos tão pequenos.


Supostamente a mulher estava conversando com uma colega de trabalho que estava do seu lado direito mas que não estava no local.


Um simples transmissor de rádio ou algo mais?

O comentário desse usuário pode acabar com toda a controvérsia mas há certos detalhes a serem considerados antes de tomá-lo como a verdade absoluta.


A primeira é que naquela época as baterias eram muito grandes. Uma das menores era a bateria Drydex de 9 volts, seu tamanho era de 13 × 7 cm .

Apenas a bateria seria do tamanho do aparelho e sua fabricação foi em 1940. Outro aspecto a ser mencionado é que naquela data não havia desenvolvimento de transistores. Válvulas de vácuo foram utilizadas em dispositivos eletrônicos.
Foi em 1940 quando a Motorola terminou de aperfeiçoar o primeiro modelo de walkie talkie, o SCR-536, que também era grande.


Até o momento o desconhecido sobre essa imagem ainda é válido e não se sabe bem o que aconteceu naquela cena a mulher estava mesmo falando ao celular? Ele estava fingindo falar no rádio da empresa? Pode nunca ser conhecido exatamente.

Fonte