Tomografia computadorizada de múmias egípcias de 3.000 anos revela seres não humanos (VÍDEO)

Uma descoberta incrível foi feita recentemente, pois as duas múmias descobertas décadas atrás só agora abrigaram uma revelação chocante, para dizer o mínimo.

Originalmente, acreditava-se que continham restos humanos, mas com o tempo descobriu-se que um deles era algum tipo de pássaro mumificado, enquanto o outro era de uma criança.

Nas últimas décadas, os dois foram exibidos na coleção do Museu Marítimo Nacional apenas para descobrir um fato incrível durante a varredura dos dois no Hospital Rambam de Israel.

Acontece que a múmia de 3.000 anos de um garotinho também não é humana, mas na verdade é uma boneca feita à mão, afinal de contas.

Esta boneca foi criada para representar o antigo deus da morte Osíris, enquanto o pássaro mumificado representava o antigo deus da realeza e o céu, Hórus.

Agora, quem realmente os mumificou e por que razão eles foram os únicos mumificados assim, em primeiro lugar, não podemos dizer com certeza, pois não sabemos, mas o que sabemos é que no antigo Egito gatos, crocodilos, peixes e muitas vezes eram mumificados como oferendas às suas divindades, então isso não necessariamente surpreendeu a equipe.

No entanto, acreditava-se que os pássaros eram os protetores da alma, já que deveriam representar Hórus, uma boa divindade, então a equipe ainda não conseguiu entender essa estranheza.

Você pode gostar...

Deixe um comentário