Textos Com Mais de 6.000 Anos Mencionam Espaçonaves Interestelares que Visitaram a Terra

A humanidade guarda muitos mistérios em sua antiguidade que ainda não podem ser resolvidos. Um dos principais enigmas está relacionado a textos com mais de 6.000 anos que revelam a presença de espaçonaves interestelares na Terra.
É possível que veículos voadores com tecnologia avançada o suficiente para viajar a outros Mundos tenham visitado a Terra há milhares de anos? 
Existem livros que foram suprimidos propositadamente do cânone histórico da humanidade que falam sobre uma origem do homem totalmente diferente daquela conhecida. Mencionando naves voadores e visitantes de outros Mundos. 
No entanto apesar do que muitos podem acreditar, essa origem alternativa da humanidade é encontrada na cultura indiana antiga . Em seus textos existem muitos segredos escondidos sobre o início dos nossos dias. 


Índia Antiga e as origens da humanidade 


Quando falamos sobre a cultura indiana falamos sobre uma das histórias mais extensas e ricas em informações do planeta. Na verdade é aqui que encontramos os Vedas . 
Esses textos foram considerados por especialistas como uma das histórias mais longas do planeta; alguns escritos que datam de 6.000 anos atrás mas que curiosamente mencionam “veículos voadores” chamados Vimanas  que visitaram sua região naquela época passada. 
Escritos em sânscrito védico esses manuscritos representam a parte mais antiga da escrita sânscrita e as origens do hinduísmo. 
Obviamente os historiadores ortodoxos ignoram totalmente esses escritos considerando-os “fábulas confusas” uma vez que mencionam princípios aeronáuticos atuais. 
Esses fatos fascinantes são encontrados especialmente no antigo livro de Vaimanika Shastra , ou “A Ciência da Aeronáutica” . São mencionados detalhes únicos sobre os veículos que eram controlados pela mente graças a uma tecnologia desconhecida . 
Vaimanika Shastra: A aeronáutica espacial nos tempos antigos 

Teóricos e alguns pesquisadores têm considerado o Vaimanika Shastra como uma espécie de guia explicando a viagem pelo espaço em detalhes. 
Para realmente entender o que está escrito neste texto é necessário ir a um dos maiores especialistas em textos sânscritos Dr. V. Raghavan que escreveu mais de 120 livros e 1200 artigos sobre o assunto. Ele também foi reconhecido com o Prêmio Sahitya Akademi de Sânscrito em 1966. 

Vaimanika Shastra foi considerado um guia aeronáutico por muitos especialistas. Crédito: TK Ellappa / Wikimedia Commons 
Raghavan garantiu que existiam seres humanos que habitavam outros mundos além de seres extraterrestres que visitaram nossos primeiros ancestrais há milhares de anos. 
Apesar dessa informação chocante, há uma razão pela qual esse texto antigo foi tão revolucionário na época. É composto por 3.000 versos distribuídos em 8 capítulos. 
Lá são descritos os processos mecânicos e aeronáuticos usados ​​hoje bem como uma tecnologia muito mais avançada. É explicado o que são dínamos como usar a energia solar ou o que é absorção térmica.
Ele também mencionam alguns metais desconhecidos com os quais eles fizeram as naves o somaka, o soundalika e o mourthwika . A combinação dos 3 produziu até 16 tipos diferentes de metais capazes de absorver calor. 
Raghavam também explica que existem muitos dados sobre a construção de armas e máquinas voadoras fascinantes. Esta informação é encontrada em traduções dos Vedas épicos hindus e outros textos antigos em sânscrito. 
Outras Culturas e Veículos Voadores 

Os hieróglifos em Abidos mostram aviões e helicópteros semelhantes aos atuais. Crédito: Olek95 / Wikimedia Commons 
Apesar da negação da arqueologia e dos historiadores que seguem o cânone histórico tradicional, muitos outros autores e especialistas concordam com Raghavan e com o que está escrito nos Vedas e no Vaimanika Shastra. 
Além disso outros textos hindus como o Mahabharata e o Ramayana  também mencionam todos os tipos de tecnologia desconhecida e surpreendente. 
No entanto o hinduísmo não é a única cultura que pelo menos faz menção às máquinas voadoras que visitaram a Terra há milhares de anos. 
Alguns templos egípcios com datas que variam de 3.000 anos  eles mostram hieróglifos estranhos que a arqueologia não foi capaz de resolver. 
Em Abidos  por exemplo, você pode ver esculturas semelhantes a aviões e helicópteros modernos. Discos de pedra estriados também foram encontrados em cavernas localizadas na fronteira sino-tibetana. Eles são conhecidos como Discos Dropa e falam de uma raça de seres extraterrestres que vieram para a Terra em espaçonaves há 12.000 anos. 
A cultura Hopi , que habita as montanhas ao norte do Arizona há mais de mil anos, conta lendas sobre seres de Orion que chegaram às montanhas por meio de escudos voadores. 

Crédito: Jedi Simon / Flickr / Domínio Público 
Na América esses escudos voadores também são mencionados pelos Kachinas outra tribo milenar dos Estados Unidos que coincidentemente também habita parte do Arizona. 
Por outro lado, encontramos também os ” aviões pré-colombianos ” e os “Pájaros de Otún” estranhas figuras pertencentes à cultura Quimbaya, conhecidas pelos especialistas em aerodinâmica como maquetes de aviões. 

E não vamos esquecer a gravura na lápide do grande rei maia Pakal que o mostra sentado no que parece ser uma nave em pleno voo. 

Como podemos ver as Vimanas apesar de serem os veículos voadores mais detalhadas da antiguidade não são os únicos mencionados na história antiga. Então surge a pergunta: por que eles obscureceram obstinadamente essas origens da humanidade?  Fonte

Você pode gostar...

Deixe um comentário