Sistema solar se formou em apenas 200 mil anos, diz estudo

Para os cientistas, a espécie humana foi criada com uma diferença de 100 mil anos a mais do que a criação do sistema solar

*A matéria inicialmente trazia uma informação errada sobre a criação do sistema solar. Na verdade, o que o estudo diz que é que a humanidade tem 300 mil anos, enquanto o sistema solar demorou 100 mil anos a menos para ser criado — ou seja, 200 mil anos. Corrigimos e pedimos desculpas. 

Um novo estudo publicado na revista científica Science aponta que os seres humanos existem há mais tempo do que o sistema solar demorou para ser criado. Formado há 4,5 bilhões de anos, o sistema que abriga a Terra é basicamente um adolescente perto do universo, que os cientistas acreditam existir já há 13,8 bilhões de anos. E, para os cientistas, a espécie humana foi criada com uma diferença de 100 mil anos a mais do que a criação do sistema solar — que teria levado 200 mil anos para se completar.

Vai esperar 100 mil anos para investir em bitcoin? Descubra agora as melhores moedas virtuais para investir. 

É claro que a pesquisa é digna de explodir a cabeça de qualquer um (não literalmente). O que teria acontecido, segundo os pesquisadores, é que a formação do sistema solar demorou mais tempo para acontecer do que a formação dos seres humanos — num debate entre quem veio primeiro, o ovo ou a galinha, neste caso foi, certamente, a galinha. “Se nós colocarmos isso em comparação à vida humana, a formação do sistema solar seria comparável a uma gravidez durando doze horas em vez de nove meses. Um processo bastante rápido”, afirmou Gregory A. Brennecka, autor do estudo.

Para chegar a essa conclusão, Brennecka e seu time analisaram diferentes partes de meteoritos antigos. Os sólidos mais antigos no sistema solar são as inclusões ricas em cálcio-alumínio (ou CAIs, na siga em inglês), e suas amostras sugerem um tempo diferente para a formação do nosso sistema. “Essas inclusões pequenas de metereoritos formadas em um ambiente de alta temperatura estavam provavelmente perto do Sol jovem. Eles foram, então, transportados para a região onde havia meteoritos de condrito carbonáceo e formaram o que achamos hoje”, explicam os cientistas em um comunicado. A maioria dos CAIs, segundo eles, foi formada há 4,56 bilhões de anos, em um período que pode ter sido de 40 a 200 mil anos.

Fonte

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: