O Equador mostra esqueletos de uma antiga raça de gigantes 7 vezes maior do que o humano normal

Carlos Miguel Vaca Alvarado, da freguesia de Changaiminas, Equador, sempre se interessou pela arqueologia, o que o levou a descobrir uma série de vários esqueletos humanos gigantes. Os ossos foram encontrados nas montanhas amazônicas a uma altura de 7 metros.

Vários estudiosos pesquisaram sete segmentos do esqueleto minuciosamente e chegaram à conclusão de que essas peças são parte de um esqueleto humano sete vezes maior do que um ser humano moderno típico.

Segundo a lenda, esta área já foi conhecida como “o cemitério dos deuses” e era habitada por gigantes. Os especialistas acreditam que este local seja a Cidade Perdida dos Gigantes, pois muitas pirâmides foram descobertas, com uma altura de 80 metros e uma largura de 80 metros.

Mais ou menos na mesma época, objetos esculpidos em pedra, provavelmente usados ​​para escavações, foram encontrados perto das pirâmides. Segundo historiadores, esta área pertencia a uma desconhecida e misteriosa cultura pré-incaica.

Podemos deduzir que os gigantes habitaram todas as partes do mundo, portanto, várias evidências de fósseis gigantes foram encontrados em todo o globo, como foi o caso na Romênia alguns anos atrás.

VÍDEO:

Você pode gostar...

Deixe um comentário