Misteriosos “objetos espaciais” caem na Espanha e na Nova Zelândia

Misteriosos “objetos espaciais” caem na Espanha e na Nova Zelândia

26/06/2022 0 Por Jonas Estefanski

O pânico tomou conta de grande parte da população da Espanha na manhã de terça-feira, depois de testemunhar uma série de bolas de fogo se movendo lentamente pelo céu.

Muitas pessoas foram às mídias sociais para compartilhar fotos e vídeos, especulando que as luzes brilhantes poderiam ser meteoritos, detritos de cometas ou naves de origem extraterrestre.

Mas devido à controvérsia causada pelo avistamento, especialistas disseram que a explicação mais provável é que se trata dos restos de um foguete chinês que foi lançado ao espaço no início de junho.

José María Madiedo, do Instituto Andaluz de Astrofísica, disse que o estágio superior do foguete Longa Marcha-2F, que foi lançado em órbita como parte de uma missão à nova Estação Espacial Tiangong, reentrou na atmosfera da Terra.

Em seguida, quebrou em vários fragmentos que se tornaram incandescentes, fazendo com que uma série de bolas de fogo fosse vista acima de Málaga, Sevilha, Huelva e Granada.

Uma das testemunhas registrou os destroços iluminando o céu noturno sobre Fuengirola pouco depois da meia-noite na manhã de terça-feira.

Os astrônomos disseram que as bolas de fogo também seriam visíveis muito mais ao norte, em lugares como Toledo, Madri e Valladolid.

Madiedo acrescentou que os destroços do foguete se moveram para nordeste, sobre Tetouan, no Marrocos, antes de continuar sobre o Mediterrâneo.

Ali, a cerca de 100 quilômetros da costa da Argélia e Múrcia, as bolas de fogo desapareceram.

Mas houve muitos internautas que não acreditaram na versão oferecida pelo Instituto de Astrofísica da Andaluzia, apontando que o misterioso objeto se movia a uma velocidade insanamente rápida e horizontal, muito diferente do comportamento do que deveriam ser os restos de um foguete . .

E também na Nova Zelândia

E como se isso não bastasse, o avistamento da Espanha ocorreu poucos dias depois de outro estranho fenômeno nos céus, desta vez na Nova Zelândia.

Uma misteriosa formação espiral de luz no céu noturno provocou todos os tipos de rumores, incluindo a possibilidade de uma invasão alienígena.

No entanto, o professor Richard Easther, físico da Universidade de Auckland, ofereceu uma resposta muito mais simples. Ele explicou que a misteriosa espiral veio de um propulsor do SpaceX Falcon 9 que havia acabado de lançar um satélite no espaço.

À medida que o foguete girava para liberar seu combustível, ele criava um rastro de vapor que refletia a luz do sol e produzia um redemoinho azul visível que, segundo testemunhas, se movia pelo céu noturno.

A espiral iluminou o céu sobre Nelson, uma cidade na ponta da Ilha Sul da Nova Zelândia, e se moveu 750 quilômetros ao sul até a Ilha Stewart por volta das 19h30 de domingo.

O suposto foguete de dois estágios foi lançado na manhã de domingo da Estação da Força Espacial de Cabo Canaveral, na Flórida, EUA.

Deve-se acrescentar também que esta não é a primeira vez que um fenômeno semelhante aparece em nossos céus. Vários lugares do mundo experimentaram estranhos eventos no céu e tanto o objeto misterioso na Espanha quanto a luz inexplicável na Nova Zelândia são as últimas adições a essa lista selecionada.

Talvez os astrônomos estejam certos, e são os restos de foguetes, ou pode ser que sua origem seja extraterrestre. Mas há uma terceira possibilidade, e é que eles estão relacionados a uma anomalia interestelar.

Durante um estudo recente sobre a taxa de expansão do universo, pesquisadores da NASA descobriram “algo estranho” acontecendo no cosmos que não pode ser explicado pela ciência moderna.

O que você acha de todos esses fenômenos misteriosos que estão acontecendo em nossos céus? Foguetes, alienígenas ou anomalias espaciais?