Missões Apollo terminadas por causa de extraterrestres?

Recentemente, William Tompkins, um importante designer aeroespacial que trabalhou para grandes empreiteiros corporativos da NASA durante a era Apollo, lançou sua própria autobiografia na qual fala sobre a verdadeira intenção por trás das missões Apollo e como elas foram forçadas a encerrar por causa de encontros extraterrestres .

Ele menciona como trabalhou para a NASA por 12 anos, de 1967 a 1971 ao lado do Dr. Hurt H. Debus, o primeiro diretor do Centro de Operações de Lançamento da NASA, que mais tarde foi renomeado como Centro Espacial Kennedy.

Ele explica o que chama de programa NOVA, cujo objetivo era ajudá-los a colonizar outros planetas e a povoá-los com forças militares.

A primeira etapa foi alcançada; estava embarcando em Marte por meio das missões Apollo.

O segundo passo foi colonizar a Lua com 10.000 pessoas que William Tompkins afirma ter ajudado a projetar.

O terceiro passo foi seguir para Marte e outros planetas para estabelecer o poderio militar em todos os planetas que conhecemos.

O quarto passo foi colocar as bases da marinha tripuladas em 12 sistemas estelares adjacentes e assim ter uma força coletiva no caso de uma guerra iminente.

O problema é que tudo foi interrompido na etapa dois porque, ao chegar à Lua, eles encontraram alienígenas que eram muito mais avançados tecnologicamente do que jamais poderíamos imaginar.

Ao descobrir isso, o programa NOVA foi completamente descartado e qualquer intenção de colonizar outros planetas deixou de existir instantaneamente.

VÍDEO:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: