Homem alega ser viajante do tempo do ano 6491 ‘passa no teste de detector de mentiras’

Homem alega ter vindo do ano 6491 e que máquina do tempo que o trouxe quebrou. De acordo com o teste, ele não está mentindo

Um viajante do tempo que alega estar preso em 2018 passou num teste com detector de mentiras promovido pelo canal do YouTube ApexTV

James Oliver, como se identifica, contou ter vindo numa missão do ano 6491. No entanto, após a máquina do tempo que o trouxe quebrar, ele não consegue mais voltar para casa

Como de costume, o rosto do viajante do tempo e do entrevistador foram censurados por questões de segurança

O mais surpreendente é que, além de ter vindo do futuro, James não habita a Terra em 6491: “Meu planeta está mais longe do sol do que o seu, então leva mais tempo para se locomover”, explica

E por mais absurda que essa história possa parecer, o detector de mentiras aponta que a fala do viajante do tempo é verdadeira. Embora o critério para isso em nenhum momento seja explicado durante o vídeo…

James nos aconselha a emitir menos carbono, uma vez que o aquecimento global vai piorar, e revela que cada um terá o próprio sistema de Inteligência Artificial, chamado Siri. Só não explicou se será o mesmo disponibilizado pela Apple hoje em dia

O viajante diz que novos planetas e galáxias serão encontrados diariamente. “A maior parte não é nada. Às vezes você acerta e encontra vida inteligente”, conta James, acrescentando que muitos possuem civilizações ainda mais inteligentes que a nossa

Esses planetas serão controlados por autoridades eleitas num esquema semelhante à ONU, o que possibilitará a autonomia de cada um deles

Após ser questionado se haverá alguma guerra entre essas civilizações, ele hesitou, mas acabou entregando: “Houve alguns conflitos, mas a maioria foi controlada pela federação muito rapidamente”

James afirma trabalhar para uma agência de pesquisa especializada em história e cultura da raça humana. Ele também diz ter se encontrado com alienígenas diversas vezes

“A definição de alienígena é ‘algo fora do mundo’, então, tecnicamente, estou encontrando um agora mesmo”, exemplificou o viajante do tempo, que acrescenta ser comum encontrá-los quando está em casa

“Tenho alguns que são muito bons amigos. Meu amigo mais próximo é de outra galáxia”, revela

“Tenho alguns que são muito bons amigos. Meu amigo mais próximo é de outra galáxia”, revela

Sobre quem será o próximo presidente dos Estados Unidos, o viajante do tempo diz que não pode revelar essa informação

“Posso me comunicar com as pessoas, mas há uma restrição quanto ao que posso lhes dizer”, rebateu James

Fonte R7

Você pode gostar...

Deixe um comentário