Evidências de que nossos ancestrais sabiam viajar no tempo

Evidências de que nossos ancestrais sabiam viajar no tempo

06/08/2022 0 Por Jonas Estefanski

O grande físico e visionário do século 19, Nikola Tesla, era obcecado por viagens no tempo. Ele trabalhou em uma máquina do tempo e supostamente conseguiu, declarando: “Eu consegui ver o passado, o presente e o futuro ao mesmo tempo”. Se olharmos para a história, encontraremos inúmeros textos que podem ser interpretados como evidências de viagens no tempo. Quando Albert Einstein publicou sua teoria da relatividade em 1905, gerou um eco na comunidade científica, abrindo a página para muitas perguntas como: “A viagem no tempo é uma possibilidade?”

Na Bíblia, o profeta Jeremias estava sentado junto com alguns de seus amigos, e havia um menino. Seu nome era Abimeleque, e Jeremias disse a Abimeleque: Sai de Jerusalém, lá é um monte, e apanha alguns figos para nós. O menino saiu e colheu figos frescos. De repente, Abimeleque ouve um barulho, sente um vento no ar e fica inconsciente. Depois de um tempo, ele acorda e vê que já era quase noite. Então, quando ele volta para a cidade, ele vê que ela está cheia de soldados estranhos. E ele diz: ‘O que está acontecendo aqui? Onde estão Jeremías e todos os outros? ‘ E um velho responde: “Isso foi há 62 anos.” Esta é uma história de viagem no tempo escrita na Bíblia.

Se você olhar para o Mahabharata, escrito no século 8 aC, o rei Raivata é descrito como uma viagem aos céus para encontrar o deus criador Brahma, apenas para retornar à Terra centenas de anos no futuro. No Japão, a lenda de Urashima Taro descreve a história da visita de um pescador ao deus protetor do mar – Ryūjin em um palácio subaquático pelo que pareceram apenas três dias. Quando ele volta para sua vila de pescadores, ele descobre que 300 anos se passaram desde que ele partiu

Estudiosos antigos dizem que o primeiro homem, Adão, viu o futuro. Um comentário judaico sobre a Torá, dos primeiros cinco livros da Bíblia, afirma que Deus deu a Adão a oportunidade de olhar para o futuro. Esses sábios afirmam que, nos momentos que se seguiram ao seu pecado, Adão teve permissão para ver as páginas da história futura, para ver Aquele que seria adequado para agir como líder, que traria o mundo de volta ao estado de perfeição que Deus tentou no começo.

Adão foi condenado a morrer no dia em que pecou. As Escrituras dizem que ele tinha 130 anos quando Seth nasceu e viveu mais 800 anos depois disso. Ele morreu com a idade de 930 anos. Ele tinha 70 anos para completar seu dia inteiro. Pedro 3: 8 nos diz: “Mas, amados, não ignoreis isto: que um dia é para o Senhor como mil anos, e mil anos como um dia”. O que implica que um dia, segundo a perspectiva de Deus, pode muito bem ser mil anos.

De acordo com os estudiosos judeus, Adão foi capaz de olhar para o futuro e ver que Davi estava destinado a cumprir o propósito que Deus lhe havia designado, embora também aparentemente tenha observado que viveria apenas por um curto período de tempo. Eles declaram que Adão então deu a Davi os 70 anos de sua própria vida para que ele pudesse cumprir sua missão…

Tag: