“Eles não são Drones”: a Marinha mostra um vídeo de um OVNI entrando na água

“Eles não são Drones”: a Marinha mostra um vídeo de um OVNI entrando na água

04/07/2022 0 Por Jonas Estefanski

Matéria em Video:

Um vídeo que parece mostrar um OVNI desaparecendo na água perto de navios de guerra da Marinha dos EUA contradiz a versão oficial de que esses objetos são drones.

O cineasta e pesquisador Jeremy Corbell, que foi o único civil nomeado durante a audiência aberta do Congresso em maio, obteve e divulgou seis vídeos de fenômenos aéreos não identificados que foram confirmados pelo Pentágono.

Apenas uma dessas seis peças foi mostrada durante a histórica audiência pública, e Scott Bray, vice-diretor de inteligência naval, disse estar “razoavelmente certo” de que os objetos eram drones.

Mas Corbell não concorda e afirmou isso em uma entrevista recente ao The Sun. “Esses objetos pairaram a 21.000 pés por mais de quatro horas e voaram a velocidades de 158 mph (138 nós), de acordo com documentos divulgados pela Marinha”, disse ele.

“Os OVNIs são reais e continuam sendo um problema de segurança nacional maior do que sabíamos.”

E embora o debate tenha girado em torno de se os objetos eram drones ou OVNIs, os vídeos publicados pelo pesquisador parecem mostrar pelo menos uma dessas pessoas não identificadas desaparecendo no mar.

“Isso é crucial, porque mostra que esses navios tecnologicamente avançados de origem desconhecida podem desafiar os princípios de resistência”, enfatizou Corbell.

“Compreendeu-se que eles desapareceram na água, o que levou à hipótese de que esses objetos são transmídia; isto é, eles têm a capacidade de atravessar o espaço, o ar ou o mar sem destruição, aparentemente desafiando as leis conhecidas da inércia”, continuou ele.

“Nossas maiores capacidades aeroespaciais requerem proteção térmica. Essa mudança no meio é tão dramática que nosso navio mal consegue resistir.”

“No entanto, essas naves avançadas que conhecemos como OVNIs parecem imunes à nossa compreensão do efeito inercial. Por exemplo, movendo-se mais rápido que a velocidade do som sem gerar um estrondo sônico.”

propulsão gravitacional

Corbell, que tem uma infinidade de fontes, disse que essa habilidade “leva nossos militares a acreditar que são movidos gravitacionalmente”.

Isso significa que eles “parecem envolver seu navio em distorção gravitacional para permitir uma verdadeira capacidade transmídia além do que nossos militares ou qualquer nação tecnologicamente avançada foram capazes de demonstrar no teatro de guerra ou de outra forma”.

O Comitê de Inteligência do Senado aprovou um projeto de lei no mês passado que menciona especificamente “fenômenos aeroespaciais-subaquáticos não identificados”, dando mais credibilidade a essa teoria.