É assim que a inteligência artificial mostra como será as últimas selfies tiradas no fim dos tempos

É assim que a inteligência artificial mostra como será as últimas selfies tiradas no fim dos tempos

02/08/2022 0 Por Jonas Estefanski

A inteligência artificial (IA) e as máquinas superinteligentes são a melhor ou a pior coisa que pode acontecer à humanidade?

Essa é uma questão que existe desde a década de 1940.

Quando o cientista da computação Alan Turing se questionou e começou a acreditar que chegaria um momento em que as máquinas poderiam ter um impacto ilimitado na humanidade por meio de um processo que imitava a evolução.

Desde Turing, o progresso tem sido muito rápido em inteligência artificial e aprendizado de máquina. A IA está aos olhos do público e a maioria dos governos tem algum tipo de estratégia ou roteiro para lidar com isso.

Alan Mathison Turing foi um matemático, cientista da computação, lógico, criptoanalista, filósofo e biólogo teórico britânico.
Alan Mathison Turing foi um matemático, cientista da computação, lógico, criptoanalista, filósofo e biólogo teórico britânico.

E muitos especialistas consideram a IA um pouco como crianças brincando com uma bomba que pode explodir a qualquer momento. Mas ninguém presta atenção, todos querem interagir com a IA e, no final, conseguiremos o que merecemos.

E, novamente, temos outro exemplo claro de como a IA nos representa.

Representação do fim dos dias

Humanos tirando fotos com pele derretida, rostos manchados de sangue e corpos mutantes, enquanto estão em frente a um mundo em chamas é o que DALL-E AI acredita que serão as últimas selfies tiradas no fim dos tempos.

https://v16-web-newkey.tiktokcdn.com/719f96ab413212aab685df889145e6be/62e956be/video/tos/useast2a/tos-useast2a-pve-0068/76dd8e8a29524a90b1116cd038182eb4/?a=1988&ch=0&cr=0&dr=0&lr=tiktok_m&cd=0%7C0%7C1%7C0&cv=1&br=632&bt=316&btag=80000&cs=0&ds=3&ft=lcLrKHAzMyq8ZluhKwe2NPhCol7Gb&mime_type=video_mp4&qs=0&rc=MztnZmU2ZmhlaWRlaWlkaEBpajlya2Q6ZjNpZTMzNzczM0BjMzAvMGAuXzAxXjVfXi5fYSNlNmk1cjQwb2JgLS1kMTZzcw%3D%3D&l=2022080210540001022309914310125C78

DALL-E AI, desenvolvido pela OpenAI, é um novo sistema que pode produzir imagens completas quando alimentado com descrições em linguagem natural e os Tiktoker Robot Overlords  simplesmente pedem para você ‘mostrar a última selfie que você tirou’.

Cada um dos resultados aterrorizantes mostra um humano segurando um telefone e por trás deles há cenas de bombas caindo, tornados colossais e cidades em chamas, junto com zumbis no meio da destruição.

Uma das selfies é uma imagem animada de um homem vestido com o que parece ser equipamento anti-motim.

https://v16-web-newkey.tiktokcdn.com/077ed6f9e3fd881a922602e14657799b/62e956b7/video/tos/useast2a/tos-useast2a-ve-0068c003/d9565fe3a91845e3ba3d9c4d3e90e9de/?a=1988&ch=0&cr=0&dr=0&lr=tiktok_m&cd=0%7C0%7C1%7C0&cv=1&br=898&bt=449&btag=80000&cs=0&ds=3&ft=lcLrKHAzMyq8ZluhKwe2NouTyl7Gb&mime_type=video_mp4&qs=0&rc=ZGc0NTpkaDU2ZTw1MzM6NEBpam44ajk6ZmhrZTMzNzczM0A2MC5iXjU1NmIxLmEwLl81YSNqb2BhcjRncGRgLS1kMTZzcw%3D%3D&l=202208021054000102231230341F12A8F1

Ele lentamente balança a cabeça com um olhar como se sua vida estivesse passando diante de seus olhos enquanto bombas caem do céu ao seu redor.

Cada um dos vídeos foi visto centenas de milhares de vezes, com usuários comentando o quão horrível cada selfie é.

A maioria dos comentários apontava para o lado divertido do visual, mas outros descobriram um lado sombrio com DALL-E:

Seu viés racial e de gênero, sem contar como a IA quer nos ver.

O sistema é público e, quando a OpenAI lançou a segunda versão da IA, incentivou as pessoas a inserir descrições para que pudesse melhorar a geração de imagens ao longo do tempo.

Humanos com pele derretida, rostos manchados de sangue e corpos mutantes

No entanto, as pessoas começaram a notar que as imagens estavam distorcidas.

Por exemplo, se um usuário digitasse CEO, DALL-E só criaria imagens de homens brancos e, para ‘aeromoça’, renderia apenas imagens de mulheres.

A OpenAI anunciou na semana passada que estava lançando novas técnicas de mitigação para ajudar o DALL-E a criar imagens mais diversas, dizendo que a atualização garantiu que os usuários tivessem 12 vezes mais chances de ver imagens com pessoas mais diversas.

Nomeado em homenagem ao artista espanhol Salvador Dalí e ao robô WALL-E da Pixar, a versão original do DALL-E foi lançada em janeiro de 2021 como um teste limitado das maneiras pelas quais a IA poderia ser usada para representar conceitos, desde descrições chatas até criações fantásticas.

TikTok mostra sua última Selfie

Alguns dos primeiros trabalhos criados por IA incluíam um manequim vestindo uma camisa de flanela, uma ilustração de um rabanete passeando com um cachorro e um emoji de um pinguim bebê.

Exemplos de frases usadas na segunda versão, para produzir imagens realistas, incluem um astronauta montando um cavalo em estilo foto realista.

No site DALL-E 2, isso pode ser personalizado para produzir imagens ‘on the fly’, incluindo substituir o astronauta por um ursinho de pelúcia, o cavalo por um jogador de basquete e exibi-lo como um desenho a lápis ou como um ‘pop- art’ no estilo de Andy Warhol.


Inteligência artificial do TikTok mostra sua última Selfie
Inteligência artificial do TikTok mostra sua última Selfie
Inteligência artificial do TikTok mostra sua última Selfie

Como explica o OpenAI, o DALL·E 2 aprendeu a relação entre as imagens e o texto usado para descrevê-las.

Ele usa um processo chamado ‘difusão’, que começa com um padrão de pontos aleatórios e gradualmente altera esse padrão em direção a uma imagem à medida que reconhece aspectos específicos dessa imagem.

Mas a verdade é que o que DALL-E representa é como ele quer nos ver nos últimos dias, ou melhor, quando as “máquinas” conseguirem derrotar a raça humana.

O que você amigo(a) leitor(a) acha das imagens DALL-E?

É uma representação do que acontecerá conosco em um futuro próximo?

Deixe sua opinião nos Comentários!