DIAMANTE DE POSSÍVEL ORIGEM EXTRATERRESTRE É ARREMATADO POR R$ 22 MILHÕES

DIAMANTE DE POSSÍVEL ORIGEM EXTRATERRESTRE É ARREMATADO POR R$ 22 MILHÕES

18/02/2022 0 Por Jonas Estefanski

O diamante negro “O Enigma” possui minérios presentes em meteoritos e foi vendido em leilão histórico

Diamante “O Enígma” exposto – Divulgação/Instagram/@sothebys

O maior diamante negro lapidado do mundo —  que despertou curiosidade nas semanas anteriores sobre sua possível origem extraterreste — foi arrematado por R$ 22,3 milhões em um leilão realizado em Londres, na Inglaterra, na última quarta-feira, 9. Apelidado como “O Enigma”, ele não teve seu comprador revelado.

O mistério ao redor de sua origem se baseia pelo material do artefato; especialistas tivera acesso a peça e acreditam que sua formação se deu após a colusão de meteoritos com a Terra, contendo em sua composição a osbornita, um mineral comum em meteoros. Neste caso, o diamante tem o tamanho de uma bola de golfe.

Seu formato possui 55 faces e possui 555,55 quilates, mas sua lapidação requer equipamentos de alta tensão e tecnologia, visto que sua resistência é alta pela composição maciça de diamantes, grafite e carbono. A identidade do primeiro dono da peça é desconhecida, mas ele teve o diamante em sua posse por pelo menos 20 anos, como informa o portal G1.

Apesar de chamar atenção, o item acabou sendo arrematado por um preço menor do que inicialmente avaliado pela casa de leilões Sotherby’s, que acreditava obter ao menos 5 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 37,5 milhões na cotação atual).