De acordo com a RT, o planeta Vênus está cheio de cidades e aliens e a NASA o escondeu

Conforme o tempo passa, mais e mais ufólogos aderem à teoria de que a NASA esconde informações que eles conhecem há anos, por exemplo, esta Vênus, que dizem que há sinais de vida extraterrestre, mas que a agência está deliberadamente escondendo isso, e é que muitas são as estranhas imagens da superfície de Vênus que esses ufólogos encontraram.

Vênus

Este ano várias imagens da superfície de Vênus foram publicadas e isso tem causado muito entusiasmo entre os caçadores de OVNIs, e é que eles afirmam e asseguram que existem civilizações extraterrestres no referido planeta, isso é noticiado pelo famoso jornal The Daily Star.

O que essas imagens mostram?

O Sr. José Luis Camacho, do “UNKNOWN WORLD” tornou público e viral um vídeo de uma análise de fotos e modelos 3D das estruturas encontradas no famoso planeta Vênus, segundo suas palavras no vídeo ele explica o seguinte:

Surgem enormes cidades, estruturas artificiais e todo tipo de elementos que parecem obedecer a construções inteligentes feitas por algum tipo de raça extraterrestre que habitou ou colonizou o segundo planeta do nosso sistema solar ”.

Como surgiram essas imagens?
Estas imagens foram captadas pela sonda Magellan, era propriedade da NASA e foi lançada em 1989, directamente para Vénus com a intenção de tirar fotografias de toda a atmosfera e superfície desse planeta, esta sonda permaneceu na superfície de Vénus até 1994.

É por isso que diferentes seguidores afirmam que a NASA está ciente dos diferentes sinais de vida extraterrestre que existem no planeta Vênus, mas por diferentes razões eles queriam mantê-la escondida.

Há debate e controvérsia em relação a este

E é que outros ufólogos ou estudantes dessas maravilhas do universo não compartilham a mesma ideia de Camacho, por exemplo, Vadim Chernobrov que se dedica ao estudo de eventos anômalos relacionados à vida extraterrestre na Rússia, indica que o planeta Vênus é muito difícil de explorar e que Magalhães na época fez o que pôde, mas está tudo muito embaçado, no sentido literal e figurado e que nada pode ser afirmado até que outra sonda seja enviada.

A mesma opinião é defendida por Leonid Ksanfomaliti, cientista do Instituto de Pesquisa Espacial da Academia Russa de Ciências. “As primeiras imagens obtidas pela sonda Magellan são crateras de meteoritos que os ufólogos estão tentando fazer passar por colônias. O próprio dispositivo já não existe há muito tempo, por isso prestar atenção a afirmações deste tipo é no mínimo estúpido ”.

Você pode gostar...

Deixe um comentário