Colisão com asteroide Didymos deve causar Chuva de Meteoros

O impacto irá liberar milhares de partículas pequenas que podem vir em direção ao nosso planeta

Uma missão arquitetada pela NASA para testar a capacidade de defender a Terra de um asteroide em rota de colisão pode causar uma chuva de meteoros “artificial” do planeta. “Articial” está de fato entre aspas pois, a chuva em si seria originada por detritos naturais de um asteroide, porém “artifical” pelo fato de não ser através de um fenômeno natural, mas sim causado pela missão.

A missão Double Asteroid Redirection Test (DART) tem como objetivo atingir o menor dos dois asteroides Didymos durante sua máxima aproximação com a Terra em 2022. A missão que já custou cerca de 70 milhões de dólares é a primeira destinada exclusivamente para testar a deflexão ou desvio de um asteroide.

O impacto fará com que detritos sejam arremessados ao espaço – parte desses detritos irá retornar ao asteroide principal – Didymos a. Mas de acordo com um estudo divulgado na revista The Planetary Science Journal, parte desses detritos que atingirem uma velocidade acima do normal deverá ser direcionada para a Terra, provocando uma possível chuva de meteoros.

Missão DART

Mas calma! Os detritos deste impacto (ejecta) devem ser de apenas alguns centímetros, causando meteoros brilhantes porém nada fora do normal. Por outro lado, parte deste material pode representar um risco para futuros veículos espaciais, de acordo com o Dr. Paul Wiegert, professor de astronomia e física da Universidade de Western Ontario.

O estudo se concentrou em partículas com cerca de 1 centímetro de diâmetro ou menos, embora exista a possibilidade de que as partículas possam ser maiores. Também se espera que haja muito mais partículas extremamente pequenas que seriam “quase indetectáveis”.

O que podemos esperar sobre isso?! Podem ter certeza que essa polêmica só está começando. Explicamos um pouco mais no vídeo abaixo.

Imagens: (capa-NASA) / divulgação

Fonte Galeria do Meteorito

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: