“Cofres do Apocalipse” podem ser salvação da humanidade em caso de catástrofe global


Uma remota localidade no Ártico pode ser a salvação da humanidade em caso de uma catástrofe de proporções globais. O arquipélago Svalbard, na Noruega, abriga dois “cofres do Apocalipse”. Um deles armazena cerca de um milhão de amostras de sementes e o outro guarda uma quantidade imensa de dados digitais.
O primeiro, chamado Cofre Global para Sementes de Svalbard, existe desde 2008. Trata-se de uma verdadeira fortaleza criada para proteger sementes de uma possível hecatombe nuclear ou de desastres naturais capazes de ameaçar a biodiversidade da Terra. No local, estão armazenadas sementes de plantas de todo o planeta.
Já o segundo cofre, instalado no ano de 2017 em uma mina de carvão abandonada, foi criado para manter a cultura humana em segurança. O local está protegido a 250 m de profundidade, abaixo da camada de gelo permanente do Ártico. A vasta biblioteca do Arctic World Archive (ou “Arquivo Mundial do Ártico”) foi construída para garantir a sobrevivência dos livros, documentos e dados mais importantes do
O material está preservado digitalmente em filmes fotossensíveis. Entre os arquivos, estão dados dos Arquivos Nacionais do Brasil, da Biblioteca do Vaticano e da Agência Espacial Européia, entre outros. Recentemente, o Arquivo Mundial do Ártico recebeu uma nova contribuição para sua biblioteca digital. Uma das maiores empresas de software de código aberto do mundo transferiu para o local 21TB de dados.


Fontes: Science Alert e New Atlas
Imagens: Frode Ramone, via Wikimedia Commons e GitHub
 
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
 ÁRTICO
 APOCALIPSE

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: