Cientistas revelaram o primeiro ‘organismo extraterrestre’ ao público

Cientistas revelaram o primeiro ‘organismo extraterrestre’ ao público

11/07/2022 0 Por Jonas Estefanski

Muitas pessoas até duvidam que existam formas de vida fora do nosso mundo. No entanto, essa dúvida foi totalmente resolvida quando os cientistas publicaram a primeira fotografia de um organismo extraterrestre.

Organismo extraterrestre: Cientistas revelam o primeiro ao público

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Sheffield e do Centro de Astrobiologia da Universidade de Buckingham , no Reino Unido, divulgou a fotografia perturbadora de um organismo extraterrestre.

Este misterioso organismo foi submetido a diferentes análises e testes que o postulam como a primeira indicação inequívoca da existência de vida fora do nosso planeta .

Organismo extraterrestre fotografado

É uma pequena estrutura que os especialistas chamam de “partícula do dragão”, com um comprimento que não ultrapassa 10 micrômetros . Além disso, segundo informações dos especialistas que o descobriram, representa uma “entidade biológica” composta de carbono e oxigênio, elementos essenciais para a vida em geral.

O organismo extraterrestre foi obtido graças a um balão de ar quente que foi enviado para a estratosfera, 27 quilômetros acima da atmosfera da Terra . Graças a este objeto, foi possível coletar partículas espaciais durante uma chuva de meteoros .

Especialistas descartam qualquer possibilidade de que essa partícula tenha chegado ao espaço a partir do nosso planeta . Portanto, eles estão completamente certos de que se originou em algum outro lugar do Universo.

A investigação vai continuar

Organismo extraterrestre: Cientistas revelam o primeiro ao público

Um dos responsáveis ​​pela investigação, o cientista Milton Wainwright , declarou que esta descoberta não só prova a existência de outras formas de vida fora do planeta Terra, mas também revela que existem outros organismos extraterrestres que muitas vezes chovem em nosso mundo.

Wainwirght afirmou que a análise científica da estrutura mostra que ela é feita de carbono e oxigênio. Não há como isso ser algum outro tipo de peça cósmica vulcânica.

No entanto, o cientista ainda tem dúvidas se esse seria o caso de um único organismo, ou se faz parte de algum outro organismo maior .

“Essas descobertas podem alterar para sempre nossa percepção da vida e evolução na Terra. Será necessário reescrever nossos livros de biologia.

Esta descoberta confirma que existem formas de vida fora da Terra. E é provável que este seja apenas o primeiro passo em direção ao objetivo; encontrar formas de vida avançadas fora do nosso mundo.

O organismo extraterrestre continuará a ser estudado e, portanto, os especialistas procurarão encontrar formas de vida semelhantes.