Documentos da CIA apontam antiga raça alienígena dizimada por intruso desconhecido que invadiu o planeta Marte

Um documento arquivado que pertence a CIA (Agência Central de Inteligência), mostra claramente que os Estados Unidos por intermédio da própria agência ao fazerem a exploração do planeta Marte, descobriram uma antiga raça alienígena que foi seriamente afetada.

Uma descoberta intrigante, que acabou ocorrendo no dia 22 de maio de 1984, onde a CIA teria feito uso de detalhes considerados extremamente “sensíveis”, em outras palavras, determinado grupos de pessoas onde essas possuíam um vasto conhecimento de ESP, e que faziam uso da conhecida “Visualização Remota”.

Isso tudo acabou com um vazamento de uma chocante pesquisa realizada pela CIA, que acabou revelando a existência de seres alienígenas no planeta Marte mostrando quais as possíveis causas de sua extinção naquele planeta.

A frente da pesquisa que foi realizada pela CIA, estavam grupos de pessoas que seriam então capazes de “ver” através de sua imensa sabedoria, muito além daquilo que poderia ser percebido de forma mais natural por qualquer outro tipo de pessoa.

Um certo tipo de metodologia que a companhia elaborou e adotou para essa pesquisa, seria o fato de poder empregar determinados elementos psíquicos com capacidades incomuns, de modo a chegar a lugares dentro do sistema solar onde ninguém seria capaz de acessar por qualquer outro meio.

A grande condição que a CIA propôs seria obter informações ainda mais pertinentes sobre o planeta Marte, em especial um lugar chamado região de Cydonia, usando a sua grande capacidade para poder assim chegar no espaço, oferecendo então acesso a informações contidas na história em nível de consciência coletiva ou de gravações  akáshicas que nada mais são que nas teorias teosofia e antroposofia, registros de todos os eventos, palavras, pensamentos, emoções e também intenções que já ocorreram no passado, no presente ou que ocorrerão no futuro.

Toda essa gama de informações que ao serem obtidas, foram divulgadas através de alguns documentos em meados dos anos 90 mais precisamente em 1984, onde a sua própria inteligência inseriu um visualizador remoto conhecido por SUB, na tentativa de colher mais informações sobre essa determinada área. Conjunto a essas informações, a CIA conseguiu com êxito desvendar um determinado posto alienígena avançado dentro do planeta Marte, morada de uma raça alienígena que em tempos atuais existem ou já vieram a existir um dia.

raça alienígena marte
Marte – Planeta Vermelho

Alguns visualizadores remotos fizeram parte dessa intrigante pesquisa e foram assim contratados pela CIA, incluindo o agente McMoneagle, que obteve a devida localização geográfica do planeta Marte e o local exato onde essa raça alienígena viveu a praticamente um milhão de anos atrás.

Por mais que pareça difícil para alguns poderem compreender sobre essas tais habilidades que foram utilizadas através do serviço de inteligência, documentos desclassificados evidenciam que tudo isso, já veio ocorrer e que hoje estão disponíveis para conhecimento de muitos.

Diversos documentos da CIA apontavam algumas coordenadas específicas, onde mostravam de fato, informações que pareciam como se eles soubessem o local ideal e exato para onde deveriam procurar.

Um grande e surpreendente resultado dessa visão foi obtido e mostra essa raça descoberta de alienígenas como sendo povos de grande estatura e comparados a gigantes que existiram a cerca de um milhão de anos atrás. Em meio a tais proporções desconhecidas, esses antigos habitantes do planeta Marte, foram vistos como uma raça muito alta, uma espécie de
humanoides, vestidos com roupas ou mantos de pano de seda.

Além disso o que foi presenciado mostrou muitos desses vivendo uma vida considerada normal, com seus afazeres, procriando, trabalhando, morrendo e buscando ao mesmo tempo uma forma de conseguir sobreviver em meio a tais complicações, porém sendo incapazes de deixar o planeta Marte para outras dimensões por diversas condições.

O SUB ainda foi orientado a poder se aventurar a milhões de anos passados dentro das condições do planeta, onde em meio toda essa jornada, acabou enfrentando diversos obstáculos como altas pirâmides e alguns eventos catastróficos, os quais foram responsáveis por toda a destruição tanto da atmosfera, quanto da paisagem de Marte. Todos os que habitavam ali, estavam em completo pânico pois a todo momento queriam fugir e se abrigar contra algo extremamente perigoso e cruel que havia chegado de fora.

Enquanto alguns tiveram êxito em escapar através de espaçonaves, outros foram deixados para trás enquanto estavam à espera de seus irmãos que os levariam para outros lugares em total segurança. A SUB ainda conseguiu testemunhar através de seu percurso, a fuga e desespero de alguns desses marcianos, onde todos os que conseguiram sair, foram levados para outro planeta dentro do próprio sistema solar. Infelizmente o planeta acabou sofrendo um verdadeiro colapso ambiental, extinguindo assim toda essa raça extraterrestre.

Alguns documentos ainda apontavam alguns humanos que supostamente pudessem ter a sua origem vindas dessa raça marciana. Se acaso essas informações forem de fato comprovadas um dia, o potencial de impacto dentro das estruturas do estudo da ufologia seria inimaginável.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: