Chocante! Homem mostra fotos inéditas de aliens capturados pelos americanos

Chocante! Homem mostra fotos inéditas de aliens capturados pelos americanos

11/12/2021 0 Por Jonas Estefanski

O ufólogo americano Tom Carey reacendeu a polêmica entre cientistas e curiosos ao revelar imagens supostamente reais de um corpo de alienígena recolhido na supersecreta Área 51, nos Estados Unidos 

O lugar, como se sabe, é conhecido por abrigar segredos militares. Ufólogos acreditam que estão ali corpos de ETs capturados pelos militares americanos e experiências feitas com alienígenas que teriam chegado à Terra

 Essa foto e as demais teriam sido escondidas por agentes dos Estados Unidos durante décadas

O alien (que aparece desfocado na imagem) teria sido capturado no “Caso Roswell”, como ficou conhecido o episódio, ocorrido no final da década de 40, em que os americanos teriam fotografado naves e alienígenas que caíram nos Estados Unidos

Carey (na foto) é um ufólogo mundialmente conhecido. Ele defende a veracidade das imagens dizendo que elas não foram editadas 

Carey revelou parte de sua investigação para o mundo em uma coletiva de imprensa e divulgou novas fotos de seu arquivo

Fez um documentário em que especialistas dizem confirmarar que as imagens em questão são filmes e lâminas de 1947, época da suposta aparição dos Ets no Novo México

O investigador de vida extraterrestre disse que esta imagem mostra um “alien” reconstruído  em um programa de computador a partir dos slides encontrados

Mas há imagens reais, segundo o ufólogo, dos alienígenas  

A foto do suposto alienígena indica que ele seria uma criatura de cerca de 1,20 metros, de cabeça desproporcionalmente grande e olhos parecidos com o de um inseto

O material ficou escondido durante anos na casa de um simpático casal norte americano, Bernard e Hilda Blair Ray (na foto)

As lâminas foram encontradas entre os pertences do casal depois que eles morreram

O “Caso Roswell” começou em julho de 1947

Nesse ano as Forças Armadas dos EUA teriam capturado um disco voador em Roswell, Novo México

O fazendeiro William Mac Brazel teria achado os destroços do óvni em suas terras que, logo em seguida, foram capturados pelos militares americanos

 Na época, Brazel confirmou a história em entrevista. O Caso Roswell é o mais conhecido do mundo envolvendo UFOs

Autoridades e cientistas teriam encotrado extraterrestres, que acabaram morrendo e foram dissecados

Há dezenas de teorias de conspiração sobre o assunto

Agora, Carey diz ter analisado fotos tiradas exatamente naquele ano que comprovam a realização da autópsia do tal alienígena

O americano contou que recebeu também um filme com imagens dessa famosa autópsia 

Enviou a especialistas em fotos, que teriam comprovado a autenticidade das películas 

As imagens foram então enviadas a funcionários, segundo Carey contou ao jornal britânico Mirror, da Kodak. Mostram o alien sendo dissecado por médicos

Tem imagens em preto e branco e coloridas. Os militares guardariam outros segredos desse episódio, entre os quais fotos da suposta nave que abatida

Também mostrariam detalhes sobre a existência de alienígenas, tudo guardado numa base militar secreta e com acesso restrito

“Após o procedimento, o que corpo acabou embalsamado e foi armazenado em câmeras num laboratório”, afirmou o ufólogo 

A fotos foram verificadas por especialistas da Kodak, já que o filme foi feito com produtos da empresa

  • O avistamento também foi responsável pela fama da Área 51, que especialistas em ufologia afirmam ser o local onde autoridades americanas guardam discos voadores
  • Ela seria um instituto de pesquisa de aviões secretos da Força Aérea, o que levanta ainda mais suspeitasReprodução
  • As revelações e as imagens de Carey levantaram um amontoado de polêmicas envolvendo militares, ufólogos e outros envolvidos

Leia a matéria completa