China libera Imagens de Substância Estranha encontrada no Lado Oculto da Lua

O que seria o estranho “líquido” encontrado pelo rover Yutu-2?

A missão Chang’e-4 explora o “Lado Oculto da Lua” desde janeiro de 2019, fornecendo algumas observações intrigantes nunca antes vistas da superfície lunar. Seu veículo espacial, Yutu-2 (ou Coelho de Jade), também esteve bastante ocupado e, durante o verão, encontrou algo verdadeiramente extraordinário: uma substância semelhante a gel com uma coloração diferente do solo onde foi encontrado.

A descoberta aconteceu em 28 de julho, mas foi anunciada apenas recentemente. Nenhuma explicação oficial foi dada para explicar a substância misteriosa, mas os pesquisadores compartilharam novas fotos, inclusive na página da própria Agência Espacial Nacional da China.

Infelizmente as fotos não são tão elucidativas, e têm sido um desafio científico para Yutu-2. A cratera onde que a substância foi encontrada era considerada muito profunda para o veículo sair novamente, por isso o rover só pôde ir até a borda para utilizar seu instrumento espectrômetro visível infravermelho (VNIS).

Para que o espectrômetro pudesse cobrir a área onde o material se encontrava, a roda dianteira da sonda teve de ser suspensa, e uma manobra habilidosa permitiu que o material fosse examinado. A luz refletida pelo material determina sua composição química.

Imagem de Yutu-2 da cratera onde o estranho gel foi encontrado

Imagem feita por Yutu-2 da cratera onde o estranho gel foi encontrado.Créditos: CNSA
A equipe estudou os dados coletados durante um “cochilo” programado que o rover faz ao meio-dia lunar – por não ter atmosfera, a superfície lunar pode chegar facilmente a temperaturas de aproximadamente 100º C, o que poderia danificar o veículo robótico devido ao superaquecimento.

Infelizmente, por conta de sombras na cratera, a varredura não foi conclusiva. Posteriormente, durante o período da tarde, outras medições foram feitas, e os pesquisadores disseram que foi possível obter um resultado satisfatório sobre a composição do tal líquido. Em seguida, o rover entrou em modo de hibernação durante a noite lunar de 14 dias. Os resultados ainda não foram divulgados, mas o que poderia ser isso?

Imagem de Yutu-2 ampliada mostra área onde o gel foi encontrado

Imagem de Yutu-2 ampliada mostra área onde o estranho “gel” foi encontrado.Créditos: CNSA
Alguns especialistas estão suspeitando que a estranha substância encontrada na Lua poderia ser vidro de impacto formado durante uma colisão de alguma rocha espacial.

Os dados coletados também serão usados para identificar a composição do fundo da cratera onde o “gel” foi encontrado, bem como os respingos criados pelo meteorito que formou a cratera.

Yutu-2 agora segue na direção oeste da cratera Von Kármán – seu local original de pouso. Até agora, a sonda robótica cobriu uma área de 285 metros desde o histórico pouso em 2 de janeiro de 2019.

Fonte

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: