China descobre pedras incríveis com hieróglifos na Lua

O rover lunar chinês Jade Rabbit-4 transmitiu fatos à Terra sobre uma observação sensacional feita na superfície lunar.

O rover Chang’e-4 voou ao redor da cratera Von Karman para examinar o solo do outro lado da Lua, de acordo com fontes oficiais. Depois disso, algo extraordinário aconteceu.

O rover mergulhou em um buraco raso por engano, e as câmeras do rover captaram algo incrível: havia placas retangulares de pedra por todo o local, com sinais estranhos que pareciam hieróglifos.

As fotos estão sendo estudadas em profundidade não apenas pelo CNSA, mas também por uma série de outros estudiosos, incluindo o ufólogo Arthur von Trier. Trier, na verdade, afirma que essas tabuinhas foram transportadas da Terra para a Lua nos tempos antigos, quando alguns índios americanos tinham uma compreensão muito maior do mundo e do universo do que temos hoje. Essas civilizações antigas possuíam tecnologia avançada que lhes permitiu voar até a Lua e através do Sistema Solar.

Outra hipótese é que as tabuinhas descobertas por Jade Rabbit-4 são uma carta de certas civilizações antigas para seus descendentes, ou para nós. Não é meio maluco pensar nisso?

Os ufólogos, por outro lado, discordam dessas afirmações, alegando que os alienígenas que nos encontraram e deixaram aquelas mensagens eram mais prováveis.

Uma coisa é certa: a viagem espacial era possível na antiguidade, o que implica que não estamos sozinhos no Universo.

Abaixo está um vídeo que mostra mais uma evidência de que petróglifos / hieróglifos existem na Lua.

VÍDEO:

Você pode gostar...

Deixe um comentário