Astronauta da NASA afirmou que alienígenas impediram guerra nuclear

Antes de morrer, Edgar Mitchell, o sexto homem a pisar na Lua, disse que extraterrestres lutaram pela paz na Terra

Por: HISTORY Brasil

Edgar Mitchell foi um astronauta da NASA bastante importante. Além de ser o sexto homem a pisar na Lua com a missão Apollo 14, em 1971, foi também o piloto encarregado pelo módulo lunar Antares, responsável por trazer 40 kg de rochas da Lua para análise posterior na Terra. Após aposentar-se, Mitchell fundou o Instituto de Ciências Noéticas para o estudo de fenômenos científicos não convencionais, como a parapsicologia.

Alienígenas lutaram pela paz

Mitchell morreu aos 85 anos de idade, na Flórida, nos Estados Unidos, em 2016. Um ano antes de morrer, ele concedeu uma entrevista polêmica ao tabloide britânico The Mirror. Na ocasião, ele afirmou que alienígenas visitaram a Terra durante a Guerra Fria para ajudar a humanidade a impedir um conflito nuclear. “Os extraterrestres estavam tratando de impedir a guerra, ajudando a criar paz na Terra”, afirmou.

Em seu relato, Mitchell disse que, durante aquela época, foram avistados inúmeros óvnis nas imediações de diversas bases militares. “Falei com vários oficiais da Força Aérea, que trabalharam nestas bases durante a Guerra Fria. Eles me contaram que os óvnis eram vistos com frequência e eram capazes de desativar seus mísseis. Outros oficiais na costa do Pacífico contaram que seus mísseis eram derrubados com frequência por naves alienígenas”, afirmou. Mitchell também afirmou que todos os avistamentos foram deliberadamente ocultos pelo governo dos Estados Unidos.

Nick Pope, um ex-funcionário do Ministério de Defesa do Reino Unido que trabalhou na investigação de óvnis, foi indagado sobre o caso pelo The Mirror. Segundo ele, MItchell obteve essas informações através de outras pessoas, mas não presenciou nenhum fenômeno extraterreste pessoalmente, por isso é necessário cautela com as declarações. “Como ele não citou suas fontes, não podemos ter certeza de que essas pessoas estavam sendo francas com ele, ou mesmo que eles estivessem a par de qualquer informação confidencial sobre óvnis“, afirmou.

Você pode gostar...

Deixe um comentário