A lendária Arca de Noé era na verdade um laboratório de DNA e o grande dilúvio NÃO foi natural

Já sabemos que a história da Arca de Noé realmente aconteceu nos tempos antigos. Se você não pensa assim, basta olhar para todas as cidades que estão submersas enquanto falamos.

Existem mais de 250 deles sob o Mar Negro e, adivinhe, nenhum deles foi originalmente construído por peixes. Também há edifícios em construção no momento da inundação, como observamos nas muitas cidades submersas do Peru, Escócia, Malta e Egito.

Mas o que ou quem poderia ter causado essa inundação? Entre algumas das iterações mais populares está o Mahabharata.

Esta é uma coleção de textos hindus que falam de civilizações antigas que viveram entre divindades e travaram guerra umas com as outras com suas máquinas voadoras conhecidas como Vimanas. Os textos do Mahabharata falam de como esses Vimanas podiam disparar feixes de luz semelhantes aos de mísseis nucleares, o que temos a prova de ter ocorrido na vida real.

Lembra-se dos antigos bunkers construídos milhares de anos antes do bombardeio de Hiroshima? Aparentemente, foi Deus quem causou essa inundação, mas e se Deus nunca foi uma divindade, para começar, mas um extraterrestre? Afinal, o que ele é, senão um ser muito poderoso que veio do céu e nos dominou completamente física e mentalmente?

Ele orquestrou tudo, fazendo da Arca de Noé um importante banco de DNA ou algum tipo de laboratório de DNA na época.

Muitos acreditam que é impossível armazenar bilhões de espécies na Terra em uma simples arca, mas na verdade conseguimos recriar isso em 2008 na Ilha Ártica de Svalbard.

Fomos capazes de armazenar as sementes de centenas e milhares de planetas ali, para o caso de outro evento cataclísmico nos levar para baixo para sempre.

Vídeo

Você pode gostar...

Deixe um comentário